UM OLHAR ORIENTADO: A COSMOVISÃO CRISTÃ REFORMADA NAS LEITURAS DE FRANCIS SCHAEFFER SOBRE A OBRA DE ARTE

Fábio de Sousa Neto, Rogeh Alves Bueno

Resumo


Propomos nessas linhas discorrer sobre as leituras de Francis Schaeffer sobre o amplo espectro da cultura e de forma mais especifica, sobre a arte pictórica. O problema apresentado foi; o edifício teológico reformado alteraria a relação do cristão com a cultura? Se sim, como e de que forma essa cosmovisão dirige as inferências de Schaeffer sobre a cultura, principalmente suas representações sobre a arte? Nossas hipóteses foram testadas e em grande medida se confirmaram, pois concluímos que em resposta a problemática posta, a relação do cristão com a cultura assume outros significados sob orientação de uma cosmovisão calvinista (leia-se Kuyperiana), além disso, sem desprezar as intertextualidades e polifonias na produção literária de Schaeffer, essa mesma orientação, dará as chaves interpretativas para Francis Schaeffer inferir sobre o amplo espectro da cultura, sobretudo, suas leituras sobre a arte pictórica. Palavras-chave:Schaeffer. Cultura. Cosmovisão. Arte.


Texto completo:

PDF